Blog da UC de Linguagens de Autoria em Educação, do Mestrado em Didáctica, especialidade Tecnologia Educativa da U.Aveiro - 2010/11, 1º semestre
pesquisar neste blog
posts recentes

WEBQUEST - Uma ferramenta para as Aprendizagens

Trabalho de avaliação de recursos educativos

Simulação- Le Châtelier's Principle

Trabalho Final - Avaliação das potencialidades da plataforma PBworks como meio de uma avaliação cont...

Avaliaçao de recursos multimédia

Avaliação recurso para QI "Vogais iguais, sons iguais"

Trabalho de avaliação de recuros educativos

Plano de Trabalho - "Vogais iguais, Sons Iguais" - Versão Finalíssima

APME - Trabalho Final

Avaliação do recurso "Resolução de Problemas Geométricos usando a Heurística de Pólya"

arquivos

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

participar

participe neste blog

Sexta-feira, 1 de Julho de 2011
Lembrete e material

Olá. 

 

Relembro que os grupos de trabalho ficaram de disponibilizar os planos de trabalho e instrumentos que vão utilizar.

 

Deixo alguns documentos que podem facilitar a compreensão do que se entende por funções da avaliação (alguns autores usam o termo finalidade), que se centram mais na avaliação das aprendizagens (em particular os dois primeiros), uma das dificuldades que parecem emergir do trabalho divulgado nas mensagens anteriores.

 

Proponho agendar uma sessão para o início da próxima semana, tendo em  vista fazer os últimos ajustes aos instrumentos a explorar.

 

Fernandes, D. (2004). Avaliação das aprendizagens: Uma agenda, muitos desafios

Neste texto do Prof. Domingos Fernandes, mais centrado na avaliação das aprendizagens, alude a duas funções da avaliação, a sumativa e a formativa.

Black, P. (2009). Os professores podem usar a avaliação para melhorar o ensino?

P. Black refere três tipos de funções da avaliação, sendo uma delas a formativa, ou seja, a avaliação enquanto instrumento ao serviço do ensino. Relativamente às duas outras funções indica que uma está visa a certificação do aluno e a outra a responsabilização pública das instituições e dos professores.

Martins, C, (2008).  Dez anos de investigação em avaliação das aprendizagens: Reflexões a partir da análise de dissertações de mestrado

Na secção relativa às funções da avaliação, nesta dissertação a autora refere quatro: avaliação sumativa, formativa, psicológica e sócio-política. Na página 26 e referindo-se à evolução histórica da avaliação, a autora indica que se evoluiu da função selectiva para a certificativa e mais tarde para funções que visam o controlo do currículo e do ensino, tendo em vista melhorá-lo, impor parâmetros de desempenho e fomentar a competição entre instituições. A meu ver esta última função pode ser centrada não só nas instituições mas também nos indivíduos. Depois da citação a autora refere que existe uma dupla vertente na avaliação, social e pedagógica.

 

Bom trabalho!

 


tags: , ,

publicado por mjoao às 01:08

mais sobre os autores deste blog
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post

ligações