Blog da UC de Linguagens de Autoria em Educação, do Mestrado em Didáctica, especialidade Tecnologia Educativa da U.Aveiro - 2010/11, 1º semestre
pesquisar neste blog
posts recentes

WEBQUEST - Uma ferramenta para as Aprendizagens

Trabalho de avaliação de recursos educativos

Simulação- Le Châtelier's Principle

Trabalho Final - Avaliação das potencialidades da plataforma PBworks como meio de uma avaliação cont...

Avaliaçao de recursos multimédia

Avaliação recurso para QI "Vogais iguais, sons iguais"

Trabalho de avaliação de recuros educativos

Plano de Trabalho - "Vogais iguais, Sons Iguais" - Versão Finalíssima

APME - Trabalho Final

Avaliação do recurso "Resolução de Problemas Geométricos usando a Heurística de Pólya"

arquivos

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

participar

participe neste blog

Quinta-feira, 21 de Julho de 2011
Versão final do plano de trabalho grupo 1.ºCEB "Vogais iguais, sons iguais?"

Boa tarde.

Segue-se em anexo a versão final do nosso plano de trabalho que não conseguimos inserir no post anterior.

Plano_de_trabalho_Avaliacao_Recurso_Vogais_Iguais_Final.pdf

O grupo: Artur Gomes, Joana Loura e Margarida Cortesão

Boas férias!


tags: , , , ,

publicado por artur-gomes às 16:51

editado por mjoao em 25/07/2011 às 15:51

1

De mjoao a 25 de Julho de 2011 às 13:37
Tal como referi no decurso da apresentação dos trabalhos, o vosso relatório, embora apresente já um grau de elaboração considerável, precisa de vários ajustes, alguns dos quais passo a enunciar.
1 – na introdução, referem que consultaram vários exemplos de estudos de avaliação, quais? Só têm duas referências, o que é pouco e não condiz com o indicado no texto (todas as referências com nome a data de publicação devem estar na lista, p.ex. Smith and Mayer, 1996, não está).
2 – Na descrição do recurso (indiquem na mensagem com o relatório final onde está disponível), revejam o tempo dos verbos (o recurso foi desenvolvido, certo?) .
3 – Não indicam qual a função do estudo e não fundamentam devidamente (na literatura relacionada com avaliação), bem como as opções metodológicas (literatura sobre metodologias de investigação).
4 – Parece-me haver alguma repetição de ideias nas secções IV e VI que deviam rever. A secção VI está demasiado grande.
5 – Quando se usa as palavras dos autores, estas devem ser colocadas entre aspas e indicar-se a pág. Tal acontece relativamente ao texto de Carvalho (2002).
6 – Tendo em conta terem adoptado as dimensões de usabilidade de Carvalho (2002) e atendendo à sua definição, tenho dúvidas relativamente a alguns dos critérios e, consequentemente dos instrumentos, nomeadamente à facilidade de utilização (facilidade de lembrar). Outro prende-se com a associação de questões sobre as potencialidades pedagógicas ("as actividades ensinam-me…" p. 5)) com a facilidade de aprender (considerando a definição de usabilidade que adoptam). Talvez se enquadre mais na satisfação.
5 – Deviam separar os resultados recolhidos nas duas turmas e para além da sua descrição, interpretá-los (podem fazê-lo nas conclusões).


Comentar post

mais sobre os autores deste blog
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post

ligações